14 julho 2015 0

Origem das alianças

 Mais do que a cerimônia em si, o que sacramenta o casamento e se torna a prova viva e material da união do casal são as alianças. Elas é que mostram, de maneira tátil e visível que uma pessoa é casada. São um símbolo de beleza, status e principalmente de orgulho para a vida do casal.

O que poucas pessoas sabem é a  história da origem da aliança de casamento e o seu significado verdadeiro. A aliança é em forma de circulo, ou seja, representa toda a perfeição de uma unidade perfeita, que não tem começo ou fim. Na verdade, dizem os historiadores que os Faraós do Egito foram os primeiros a usarem esse símbolo que na época significava eternidade. Era como uma promessa pública de honrar um compromisso ou um contrato. E o casamento nada mais é do que a honra de um compromisso que o casal faz perante a sociedade.

As primeiras alianças eram feitas de ferro. Só na idade média é que começaram a usar outros materiais para produzi-las, como o ouro e as pedras preciosas. As pedras mais populares das alianças eram o rubi que simbolizava o vermelho (coração), a safira que é azul e representava o céu e o famoso e intocável diamante.