História e Origem da Aliança de Casamento e Anel de Noivado

Muito se fala a respeito do papel da aliança na união entre duas pessoas; no entanto, poucos sabem sobre a importância histórica dada a esse par precioso.

Acredita-se que a aliança surgiu entre gregos e romanos, provavelmente, vindo de um costume hindu que utilizava os anéis para simbolizar o casamento. Assim, por meio de um anel de forma circular – ou seja, sem começo nem fim – representa-se a o amor contínuo entre o casal.

antiga aliança casamento compromisso

ANTIGA ALIANÇA. O FORMATO CIRCULAR SIMBOLIZA O AMOR SEM FIM.

A palavra aliança, por si só, significa um acordo, um pacto entre duas partes. No contexto do casamento, as alianças celebram um acordo de cumplicidade, amor e fidelidade. Dessa maneira, esse simples objeto ganha um significado muito simbólico: representa um elo material entre duas pessoas emocionalmente envolvidas, as quais compartilham sonhos, alegrias e até mesmo os percalços da vida cotidiana.

Um dos mais famosos e antigos casos da utilização da aliança ocorreu em 1477, quando o Arquiduque Maxiliano, da Aústria, presenteou Mary Burgundy com um anel de casamento. Assim, iniciou-se a tradiçao dos anéis de noivado; sobretudo, daqueles com brilhante. O diamante das alianças passou a representar a solidez do relacionamento, isso porque, a valiosa gema é imperecível e extremamente resistente. Alguns gregos acreditavam que os diamantes eram estilhaços de estrelas que chegaram a Terra; outros, porém, creem até mesmo que essas pedras preciosas eram lágrimas dos deuses do Olimpo.

3

A ALIANÇA POSSUI MAIS SIGNIFICADO QUE UM SIMPLES ANEL. É O SÍMBOLO DE UMA UNIÃO.

Seja qual for a crença, nota-se que as alianças desempenham, nas mais diversas culturas, a importante função de simbolizar a união entre um casal. Tamanha responsabilidade exige que se escolha com cuidado o par que acompanhará os noivos nessa nova fase de suas vidas.