Bandidos tentaram violar túmulo de Whitney Houston para levar joias

Segundo o jornal ‘Daily Star’, seguranças vigiam a sepultura de Whitney Houston 24 horas por dia, para assegurar que broche e brincos avaliados em R$ 1,4 milhão não sejam furtados

O túmulo da cantora Whitney Houston (1963-2012) no Cemitério de Fairview, em New Jersey (Estados Unidos), está sendo vigiado 24 horas por dia. Segundo o jornal Daily Star, bandidos teriam tentado levar um broche de diamantes e brincos que foram enterrados com a cantora, avaliados em US$ 750 mil (o equivalente a cerca de R$ 1,4 milhão).

Whitney Houston Headstone

VISÃO DO TÚMULO DA CANTORA WHITNEY HOUSTON.

Ainda de acordo com a publicação, a família pensa em concretar o túmulo para impedir a ação dos vândalos, porque a mãe da cantora, Cissy Houston (78), não tem condições de continuar pagando os seguranças.

Whitney foi encontrada morta na banheira de um quarto de hotel em Beverly Hills, na Califórnia, em 11 fevereiro, um dia antes da cerimônia de premiação do Grammy. A cantora tinha um histórico de dependência e luta contra as drogas.